você está na página Início » Blog » Cinco orientações para contratar uma agência de marketing digital da QuasarStudio

Cinco orientações para contratar uma agência de marketing digital

contratar agemcia de mkt digital

Siglas estranhas, textos criativos e capacidade de planejamento são algumas das situações que um empreendedor precisa lidar a partir do momento que toma a decisão de estabelecer a presença digital da marca.

Quem já se aventurou a tocar o tema sozinho sabe que gerir uma página no Facebook ou Instagram, por exemplo, requer tempo e atualização constante. A solução é contratar profissionais para trabalhar internamente ou terceirizar com empresas especialistas no assunto e que saibam atuar neste mercado bilionários no Brasil.

Números recentes da consultoria Digital AdSpending apontam que somente em 2015, os anúncios online renderam 9,3 bilhões de reais, uma evolução de 12% em relação a 2014. Os dados são de encher os olhos, principalmente em tempos de crise econômica. Mas, isto vale para o bem e para o mal.

Por conta da relativa simplicidade de acesso que as redes sociais oferecem e a relativa agilidade que os aplicativos permitem disseminar informações há uma visão de mercado equivocada, de que a internet é capaz de milagres sem muito esforço.

São inúmeras as agências e os freelancers que prometem mundos e fundos para os clientes a preços baixíssimos e depois não conseguem entregar ou fazem algo mal acabado. Posso dizer que 30% por cento dos contratos que fechamos são retrabalho, ou seja, temos que refazer a gestão das redes sociais das marcas ou é necessário renovar sites com programação equivocada ou obsoleta.

Para facilitar a vida de quem está em busca por uma solução digital preparei cinco orientações para ter certeza de que a imagem da sua empresa está entregue em boas mãos. Confira:

Fãs e seguidores

A internet é um meio de contato com milhões de pessoas e, por esse motivo, parece ser fácil conseguir fãs e seguidores para as nossas paginas. Contudo, aumentar a base de pessoas que curtem ou seguem a sua página é fruto de trabalho, estratégia e criação de conteúdo de qualidade. Além de quantidade não ser reflexo de qualidade, existem diversos meios de se criar páginas falsas na internet e usar programas chamados “bots” para “inflar” o número de fãs e criar um aumento artificial.

Antecedentes

Não é só sobre produtos que nós devemos ficar sabendo dos antecedentes. Ative a sua rede de contatos para questionar a qualidade do trabalho da empresa. Profissionais e clientes que tiveram ou tem acesso a marca também podem servir de exemplo para conferir o passado da marca. Além disso, sites como o “Reclame Aqui” ou páginas de Facebook como “Essa empresa de comunicação é confiável?” funcionam muito bem para esse fim.

Prazo e entrega

Suspeite de prazos muito curtos. Preparar layouts, programar a estrutura do site e preparar os conteúdos que serão inseridos requerem tempo e é preciso testar e aprovar tudo com o cliente. Ainda existem muitos sites plagiados na internet. Por pressa ou falta de qualidade técnica, algumas agências e frelancers utilizam o mesmo layout (estrutura física do site) para agilizar o trabalho e reduzir custos internos. É quase um processo de pirateamento do site.

Segurança

Se você quer algo profissional contrate empresas e evite freelancers. As vezes nem tudo sai de acordo com o que planejamos e problemas podem ocorrer. Ao lidar com uma empresa você terá um contrato formalizado e uma equipe a quem cobrar. Procure saber se o endereço é realmente fixo e busque ir até a agência. Já lidamos com clientes que pagaram o projeto e o freelancer sumiu sem deixar rastros. Invista em empresas com credibilidade.

Responsabilidade

Lembre-se que ao assumir suas páginas no Facebook, por exemplo, a empresa terá que ter acesso a dados confidenciais como senhas de acesso e controles de gastos no cartões de crédito. Procure saber se as empresas possuem um banco de imagem ou tiram as fotos da internet sem autorização. Utilizar conteúdos sem permissão ou com credibilidade duvidosa rende multa e quem paga o pato é a sua empresa.

*Celso Fortes é empreendedor digital

Fonte: AdNews

Enviar comentárioPor favor, seja educado. Nós apreciamos isso.

Seu comentário